Notícias

Homenagens ao Rev. Ludgero feitas pela World Reformed Fellowship


 

Nosso pastor foi homenageado nesta segunda-feira, pela Assembléia Mundial da “World Reformed Fellowship”.  Lançado o livro da história desta Fraternidade, com o título “Continuing the Reformation”, onde o nome de nosso pastor é citado diversas vezes.

 

Desde 1986 o Rev. Ludgero, como membro e presidente da Comissão de Relações Inter-Eclesiásticas da Igreja Presbiteriana do Brasil passou a estabelecer de contatos com igrejas presbiterianas ao derredor do mundo. Na década de 60 a IPB rompeu suas relações com a Igreja Presbiteriana dos Estados Unidos da América (PCUSA), que vinha assumindo posições teológicas totalmente incompatíveis com a Fé Reformada e Bíblica. Para que se tenha uma ideia sobre o que foi e é esta denominação, a poucos dias atrás foi divulgada, em rede nacional e mundial, a decisão final desta denominação na ordenação de homossexuais e a oficialização de casamentos gays. A luta do nosso pastor foi imensa, porque autoridades da Igreja Presbiteriana do Brasil insistiam em manter relações fraternas com aquela denominação americana. O Supremo Concílio então decidiu criar uma comissão especial para o estabelecimento de diálogos com aquela denominação. Rev. Ludgero foi aos Estados Unidos diversas veses e recebeu delegações daquela denominação. Em todos estes contatos ficaram claros as impossibilidade de efetivo diálogo dada a distância de propósitos e convicções que nos distanciavam. Finalmente, por proposta do Rev. Ludgero, a Igreja Presbiteriana rompe os laços com aquela igreja apóstata, não sem pouco impacto sobre a vida de nosso pastor, que sofreu diversos constrangimentos pessoais por seu posicionamento em defesa das convicções que a Igreja Presbiteriana do Brasil ainda assume.

Homenagem ao Rev. Ludgero Bonilha Morais

Um globo de cristal, com o nome de nosso pastor e as inscrições

World Reformed Fellowship – 25 years


 

O Rev. Ludgero começa então seu trabalho,  muitas vezes solitário,  de aproximação com outras denominações presbiterianas, que mantinham sua fidelidade para com os princípios da ética e da Reforma. Foi ele que estabeleceu os primeiros contatos com a Igreja Presbiteriana da América (PCA), com a Igreja Presbiteriana Ortodoxa (OPC) e os relacionamentos restaurados com a Igreja Presbiteriana Evangelica (EPC).  Foi o Rev. Ludgero que trabalhou nos acordos com a EPC para o preparo teológico dos primeiros professores do Centro de Pós-Graduação Andrew Jumper.

 

Participou da Assembleia Mundial da WARC (World Allience of Reformed Churches), que sob o domínio da PCUSA, esta denominação com a qual rompemos laços fraternos. A reunião da WARC ocorreu em Gana, África. O relatório do Rev. Ludgero motivou ao Supremo Concílio da Igreja Presbiteriana do Brasil a romper relações com esta entidade mundial. Entre os detalhes de seu relatório, mostrou a forte ênfase para com as causas dos homossexuais, feminismo radical, socialismo comunista. O Supremo Concílio, então, decidiu por romper com esta Aliança.

 

Rev. Ludgero sempre entendeu que a Igreja Presbiteriana do Brasil é, efetivamente, uma “Igreja” e que faz parte da Igreja de Jesus Cristo espalhada sobre a face da terra. Entendeu que a IPB não poderia se fechar em si mesma, como uma seita, por isto, trabalhou arduamente para a organização de duas entidades mundiais, desde a sua organização – A “World Reformed Fellowship” – Fraternidade Mundial Reformada, sendo o seu fundador e a CLIR – “Confraternid Latinoamericana de Iglesias Reformadas”, sendo um de seus fundadores, primeiro vice-presidente e tendo assumido a presidencia a logo a seguir, com a morte prepatura de seu primeiro presidente, Rev. Ramiro Lauriano,da Igreja Presbiteriana Nacional do México. Até recentemente, no encontro do Panamá, foi seu vice-presidente, tendo recebido uma homenagem especial de “Reconocimiento”, que se encontra em seu gabinete pastoral.

 

Durante estas últimas décadas esteve em busca de igrejas locais da PCUSA, igrejas que estavam sofrendo com a derrocada da denominação. Participou intensamente do movimento intitulado “New Winesking” (Odres Novos). Pregou no primeiro encontro do NW, sermão que foi publicado no jornal “Presbyterian Layman”, sobre o tema “Mãe Pródiga”, imaginando que, ao invés de ser um “filho pródigo” fosse uma “mãe pródiga”, que deixou a sua casa, abandonou seus filhos e se prostituiu. Esta mensagem, usada por Deus, produziu um êxodo e 283 igrejas deixaram sua denominação de origem e se filiaram à Evangelical Presbyterian Church. Em todas estas ocasiões o nosso pastor esteve presente, tanto nos primórdios da New Winesking como na assembleia geral da EPC quando da festa de recepção das novas igrejas entrantes.

 

Acompanhou de perto as decisões da Igreja Central de Orlando, uma das maiores igrejas locais da PCUSA. Falou em sua assembleia e apelou para que aquela igreja se mantivesse firme, levantando-se contra o liberalismo que tinha invadido a denominação. Hoje a Igreja Central de Orlando é parte também da EPC.

 

Foi convidado a ser parte do primeiro encontro da Coalisão de Presbiterianos e da Confessing Church. Participou da Assembleia da Igreja Presbiteriana da Escócia, representando oficialmente a Igreja Presbiteriana do Brasil. Foi representante da Igreja Presbiteriana do Brasil nas celebrações do Centenário da Igreja Presbiteriana da Coréia. Visitou a Índia e estabeleceu os primeiros contatos com a Igreja Presbiteriana da Índia, que hoje é membro da WRF. Foi oficialmente a Igreja Presbiteriana do México e assinou acordos de cooperação com aquela Igreja irmã. Visitou e pregou em Chiapas e participou do encontro com os Zapatistas (o MST mexicano), apelando àqueles guerrilheiros que deixassem a perseguição contra os presbiterianos mexicanos.

 

Visitou, em encontros oficiais da IPB e a convite, diversos países do mundo, na Europa, Ásia, Américas e África.

 

Um trabalho de uma vida. Vida cheia de grandes realizações para a glória de Deus e em defesa e divulgação da Fé Reformada e Bíblica, no Brasil e no mundo.  As homenagens que a Assembleia da World Reformed Fellowship presta ao nosso pastor é também parte do ministério e do pastorado da Primeira Igreja Presbiteriana de Belo Horizonte, que tem sido um centro irradiador da Fé uma vez por todas deixada aos santos e generosamente cedeu o seu pastor, que por muitas vezes foi privada de sua presença, sua palavra, seus sermões, visto que estava em viagens, em trabalhos, no meio de suas lutas.

Tel: 31-3273-7044

E-mail: primeiraipbh@gmail.com
Endereço​​​​​​: Rua Ceará, 1434, esquina com a Av. Afonso Pena

Bairro Funcionários - Belo Horizonte - MG

Contato
Redes Socias

© 2020 Primeira Igreja Presbiteriana de Belo Horizonte                Desenvolvido pela CM Virtual